Wednesday, June 28, 2006

O Impiedoso Sacrificio

Numa noite muito diferente de todas as outras... em que todos os planetas se encontravam alinhados... numa tribo de indios... um deles foi a uma casa e tirou de lá um bebé com uns seis meses sem que os seus pais soubessem. Levaram-no para uma mesa coberta de sangue e apareceu um sacerdote... o bebé acordou e começou a chorar, quando os seus pais ouviram o choro levantaram-se da cama e foram ao berço onde só se encontrava o silêncio. Sobressaltados foram á janela e viram um sacerdote a tirar uma faca do bolso e... ZÁS!

Maria acordou, ofegante... de repente, ao longe, começou a ouvir um choro de um bebé. Foi ao berço do seu menino de seis meses e ele não estava lá... o choro parara... foi a correr para a janela e não viu nada, apenas uma poça de sangue ainda fresco...

Tuesday, March 21, 2006

Armário...

A uma pousada, chegou uma excursão. Estavam todos muito entusiasmados! Todos contentes... pois ninguém sabia o que lhes esperava...
Nessa noite todos contaram histórias de terror, a ultima pessoa a contar foi a gerente da pousada:
_Sabem uma coisa? Muita gente diz que esta pousada é assombrada. Todas as noites desaparece pelo menos uma pessoa..._ela fez uma pausa, estava um silencio impenetrante_mas ninguém sabe o que é! Apenas eu! É um monstro que vive nos armários! Ele vai a cada quarto e escolhe uma pessoa, tira-a dali e leva-a para o seu mundo... Ai ele espeta uma palhinha no cerebro e chupa-o! Todas as meias-noites isso acontece...

DUM!
DUM!
DUM!
DUM!
DUM!
DUM!
DUM!
DUM!
DUM!
DUM!
DUM!
DUM!
Era meia-noite! Toda a gente foi obrigada a ir dormir...
Houve uma pessoa que não conseguiu... Essa pessoa a ultima coisa que viu foi uma palhinha a ir em direcção aos seus olhos!

Monday, March 20, 2006

Cuidado...

Uma rapariga chamada Sara queria muito um lindo gatinho. Os pais achavam que ela não tinha idade suficiente, mas quando ela fez 10 anos a sua prenda foi esta:

Um lindo gatinho!

Ela adorou mas, cada dia que ia passando ela ia ficando mais assustada. Via o gatinho a olhar para ela com muita fixação e a segui-la. Ela começava a não gostar disso... Até que um dia ela disse isso aos pais e eles dicediram que o iam dar. E assim foi.

Sara passou um dia contente e nessa noite ela acordou com uns ruidos... Quando se abituou á escuridão viu dois olhos de gato. Ficou mesmo assustada! os olhos iam-se aproximando e ela não conseguia gritar nem fugir. Ficou apenas parada a ver o gato a aroximar-se... De repente ele deu um salto e Sara nada mais viu...

Quando os seus pais a foram acordar, apenas viram pegadas de gato de sangue a irem pela janela e a sua filha aberta na barriga e sem nada por dentro.

Apresentação

OLA!

Eu estou aqui para contar historias para avisar...